Pesquisar este blog

quarta-feira, 3 de setembro de 2008

Carta à minha afilhada (atualizado em 11/09/08)

Vc certamente nunca lembrará disso, até pq vc hj tem apenas alguns centímetros e nem nome tem ainda...(Atualização: Tem nome sim! Maria Fernanda - atualizado em 11/09/08) Vive num mundo aquático, porém não tão tranquilo qnto mtos de nós pensamos - um mundo cheio de sons, ruídos do mais diversos... Talvez por isso ontem vc tenha me proporcionado uma das maiores emoções da minha vida: de sopetão recostei minha cabeça sobre a tua atual morada, e devo ter te dado um susto pois vc reagiu instantaneamente! E depois, com mais calma, voltei a sentir vc se agitando no ventre de sua mãe. Foi uma mistura de alegria, de saudade de qndo senti os mesmos movimentos na minha barriga, vontade de adivinhar quem é vc, como virá, tudo q eu poderei fazer por vc... Pq nada me honrou tanto qnto ter sido convidada para te batizar, e eu quero fazer e dar o melhor de mim prá vc, q aceito como se fosse minha terceira filha. Se eu pudesse, nesse momento, até te daria um priminho pra brincar, mas sabe como é: coisas chatas q só adultos entendem e q me impedem de ser mamãe denovo por enquanto. Mas vai ser até melhor prá vc, pq todo amor q há em mim agora disponível para um bbzinho irá prá vc, assim q sair da "nave-mãe".

Só queria deixar registrado em algum lugar essa emoção q tomou conta de mim, depois da emoção de ter minhas próprias filhas e minhas próprias experiências com elas. Agora vem vc, com seus novos momentos, suas particularidades, os sustos e alegrias q dará aos seus pais, e o qnto já sonho e desejo estar perto para acompanhar-te e ter com sua mãe ainda mais estórias prá contar (pq o q a gente já tem compartilhado na infância e tem de estórias prá contar prá vc e suas primas, não 'tão no gibi! :D).

Te amo desde já, assim como amo minhas filhas!!! Vcs 3 são minhas Estrelas de Esperança, mesmo qndo estou vivendo sob as sombras...

Até o futuro!

Nenhum comentário:

Nossa Playlist