Pesquisar este blog

sexta-feira, 9 de maio de 2008

Desabafo

De certo q qndo entramos nesse mundo cibernético, tudo sai do nosso controle. Por mais q pensemos q tudo esteja sob controle.

Qndo iniciei esse blog, minha idéia era escrever tudo o q vinha na minha mente, doesse a quem doesse, mas não com a intenção exata de ferir ninguém. Só a de me expor (demasiadamente, até), mas expor exclusivamente a mim mesma.

Claro q no primeiro dia do ano, qndo montei o blog, eu não imaginava o q o ano pretendia prá mim; todas as crises, reviravoltas, enfim... Mas eu sou grandinha, sei lidar com isso. Com o q não sei lidar, jogo no blog. E até aí tava tudo bem, pensando proteger os q me são queridos usando apenas iniciais.

Mas... Tem aqueles q me conhecem de verdade, de carne e osso... E acabam tendo acesso a esse meu mundo interior através do blog (não os culpo, afinal, fiz o blog prá q?), e acabam ligando as iniciais às pessoas q pretendo proteger, o q pode dar em vários mal-entendidos... As vzs o silêncio dos comentários nos ilude de q estamos num lugar seguro e bem distante da web, q ninguém nos ouve...

Dos mal-entendidos q se fizeram (SE se fez algum), o único q eu me sinto obrigada a desfazer é em relação àquele q comigo convive e a quem eu tento proteger a identidade. TUDO q foi escrito nesse blog - e será - tem relação a MIM, aos MEUS sentimentos, MINHAS crises, MEUS conflitos. Sentimentos conflitantes surgiram dentro de mim, e como expressá-los? Usei o blog, q prá mim não era lido, prá explorar e quem sabe exorcizar sentimentos q extinguiam minhas forças (e talvez ninguém saiba como é difícil odiar alguém q se ama, por mais q se tente evitar).

Aí, qndo tudo estava mais ameno (obgda, terapia!), ele - Mr.G - decide ler o blog (q nem lia) e se magoa com o q lê, pq "falaram" daqui ou dali (ou interpretaram, sei lá - talvez ele nem tenha lido de verdade e eu já estou pouco me lixando)... Bem, os loucos e grandes artistas sempre foram incompreendidos ao longo da História, então só posso me sentir lisonjeada, sendo a escrita tbm uma forma de arte (ainda q usada de forma quase "jornalística"). Na verdade, a compreensão nunca foi lá mto minha companheira ao longo da vida, sempre fui polêmica por causa disso, sei q não vai ser diferente agora... E no tempo em q não fui polêmica, parte de mim estava morta. Descobrir o meio-termo continua sendo meu objetivo principal, e talvez eu use o blog, talvez use outros meios pra conseguir esse objetivo. A única coisa q sei é a de q não uso o blog prá fazer queixas de nada nem ninguém, a não ser ao q se refere a mim mesma.

Pensei em montar outro blog, mudar de endereço, adotar outro nome. Vai adiantar? Não sei. Mr. G. q vai decidir se ele vai se sentir mais protegido se eu assim o fizer. Qnto ao referido a mim, "Non je ne regrette rien"*. Continuo com a idéia estúpida e estapafúrdia de me expor demasiadamente - contanto, claro, q não exponha a outros q não mereçam ou queiram.

Amor ou Ódio? Ora, a humanidade ainda não compreendeu q andam de mãos dadas? A Indiferença sim, é o maior antagonista dessa dupla...

Será q vc entenderá agora, Mr. G.?

Ia'Orana!
*(referente a um dos sucessos de Edith Piaf, quer dizer "Não me arrependo de nada")

Nenhum comentário:

Nossa Playlist