Pesquisar este blog

domingo, 24 de abril de 2011

Queimando prá renascer!

Vc se dedica a alguém, constrói família, deixa seus anseios de lado, aí qndo resolve retomá-los prá se sentir viva novamente encontra falta de compreensão, ciúmes sem sentido... A coisa vai seguindo aos trancos e barrancos, vc se dispõe a cuidar da sogra doente e tudo, aí segue nessa onda de boa vontade, pega um gatinho q apareceu no seu portão e pega um fungo dele. Q merda, né? Como administrar uma casa, curso, filhos, marido, sogra, tudo de uma vez só estando doente? Dei meu jeito, mas tava sozinha né, afinal "quem mandou vc pegar esse gato? O gato é seu!". É como ter um filho renegado pelo pai, a sensação deve ser parecida... Não era prá termos planos juntos?? Não era prá apoiarmos um ao outro?? A doença me parou, tive q parar o curso. Os tremores nas mãos tbm não ajudavam mto nas aulas práticas... Idas à Fiocruz, biópsias, exames dos mais diversos, tudo sozinha. Em casa, só as cobranças de coisas q eu não estava podendo realizar somada à frustração. Foram 3 meses sem nem ao menos conseguir lavar ou pentear os próprios cabelos!! Fui obrigada a cortá-los - logo eu, q queria tanto q eles crescêssem dessa vez... Ah, mas é assim q tem q ser, né? Assim será!
Aí desconfio q minha caçula pode ser hiperativa, e talvez fosse a explicação prá minha sensação de impotência diante dela, só dela. Levo na neuro e a surpresa ao ouvir da médica q ela tem uma mudança de humor mto grande. Tome estabilizador de humor! Minha filha, bipolar como eu! Passei essa maldição prá ela?...
Além da falta de respeito, a violência moral. Nunca sofri violência física dentro de casa, mas posso dizer q a violência moral dói mto. Ainda demorei 1 mês pensando, não queria ter q voltar atrás na minha decisão. Enfim, separada. Um pouco de paz dentro de casa...
10 dias depois, fiquei doente "do nada"! Fadiga, dor no ombro, formigamentos, uma penca de coisas q nenhum médico sabia direito o q era, nem ao certo como medicar. Foram 2 meses de mta dor, mta fadiga, mta sensação de impotência. Imagina criar 2 crianças sozinha, uma delas hiperativa/bipolar, sem conseguir nem levantar da cama??? O ex ainda disse q queria cuidar de mim, q era só eu voltar... Mas não ia ser igual às outras vzs?? Abrir de novo meu coração para ser ferida mais e mais profundamente?... Não, não quero.
Agora aqui estou eu, com uma lesão cerebral cuja ex-neurologista não sabia causa nem cura, esperando uma vaga no Hospital da Lagoa e pedindo a Deus q eu dê sorte com os próximos neurologistas q marquei pro mês q vem...
O ex? Aquele q prometeu amor eterno? Está namorando/morando com uma pessoa de bem, q tem um filho tbm com problema. Pensei se eu devia alertar... Acho q não. Qndo me meto na vida dos outros, sómefodo.com.br! Pq eu sou "a louca". E ainda posso parecer "a invejosa". E ele ainda deve estar se divertindo mto às minhas custas, pois fica me alfinetando... Tava tão engraçadinho ontem no SMS qndo viu q eu tava deprimida!... Cortei o papo e ele correu prá uma das redes sociais fazer espetáculo. Se me queria de platéia, me perdeu... Vai ser feliz! E me esquece!...
Inveja?... Não sei. Só sei q tenho mta raiva do universo nesse momento, pq olho prá trás, busco algo q tenha feito de errado nos últimos 12 meses, e não encontro, mas só tenho me ferrado!!! Pq, MEU DEUS??? Tentei ser boa para com as pessoas, para com os animais, para a sociedade tentando me formar como técnica em enfermagem... Agora nem esse último posso terminar de realizar. Aliás, nem trabalhar e correr atrás do meu sustento eu to podendo!! Tem dias q acordo bem, nem tomo remédio prá dor, mas tem dias q as dores são terríveis do lado esquerdo! Perco as forças desse lado do corpo! Tem dias q sinto como se tivesse uma estaca cravada dentro do ouvido. As vzs parece q perdi a audição. Amanhã não sei se posso acordar cega ou paralítica (com a sorte q eu ando, sei lá)...

Eu sei q nessa Páscoa quero q todo esse tempo ruim morra de uma vez prá dar lugar a uma Nova Vida! Pq eu sei q mereço!! Nunca fiz mal a ninguém, só quis ser feliz, ser útil prá sociedade, uma boa mãe. Se há um caminho prá percorrer, eu rogo a ti, Senhor: me diz qual é e eu não tardarei a seguí-lo!!! Pq todas as minhas tentativas têm sido fracassadas...

Ressuscita minha vida, Senhor, nesta Páscoa!! Nunca tive medo de aceitar seus desafios e tenho passado em todos... Até mesmo gente q nem sabe direito da minha estória, me julgando!!!
Eu preciso vencer, só de vez em qndo... Infelizmente, não tenho a Santidade de Jesus...

Feliz Páscoa a todos!!
Com esperança de uma vida melhor...
Ia'Orana!

sábado, 23 de abril de 2011

A mulher mais louca do mundo...

Com as situações mais loucas do mundo...
E os sentimentos mais loucos do mundo...

Pode alguém ficar feliz e triste ao mesmo tempo com a mesma situação???

Não sei... Só sei q tudo q fiz foi prá não sofrer mais... Não era prá doer... Mas tá doendo...

O ser humano não sabe perder. Eu tbm não sei. Sou humana! Mas assim é a vida...

"Do lado de fora, bela viola. Do lado de dentro, pão bolorento" - me sinto assim. Sou tão legal, né? Tão sensata, né? Pq por dentro sou tão podre e mesquinha?

Olha, não sei se vc faz prá se vingar de mim, mas se for, pode ter certeza: tá funcionando! Parabéns!...

...E esse foi mais um capítulo desta saga q não sabe bem prá q lado cai. Estilo: inexistente.

Ia'Orana! ("Viva bem!")

sábado, 9 de abril de 2011

Novidades quase não tão novas...

Pois é... Fui no Hospital da Lagoa e disseram q eu tinha q ter um outro papel do PAM de Madureira... Pertinho, né? De lá Mr.G me levou numa emergência pq estava com dores HORRENDAS!!! Clínica de bosta em Botafogo. A dra. disse q meu problema era psicológico. Uhum... O blog não se chama "Dizem q sou louco"? Então... Ela me medicou com um Rivotril 0,5 (aguinha com açúcar prá mim, há) e depois fugi da clínica - fazendo jus à fama - pq estavam demorando mto prá me liberar, e eu sheidy dor lá com meu "psicológico", fui prá casa, pros braços do meu tramadol...

Então tá, aí fui fazer a ressonância. Q claustrofobia!!!! Mas aí fechei os olhos, me imaginei num barco no meio do oceano (não sei pq isso me relaxaria, tenho pavor de mar - mas funcionou) e comecei a recitar mantras mentalmente ao ritmo dos sons bélicos do tal aparelho. Qndo eu tava quase dormindo, sinto a cama sair do Grande Tubo. Ilusão: era só prá injetar o contraste. Volta prá dentro do Grande Tubo. Mas, vamos lá, "já deve estar acabando", penso eu... E acabou! Graças a Deus não tive nenhuma reação ao contraste, não tive crise de pânico, fiquei tranquila.

Dias depois fui ansiosa, debaixo de chuva, buscar o resultado. Vieram as imagens impressas, em DVD (q chique!) e o laudo. Eu já tava achando mesmo q podia ser psicológico, q isso tudo era coisa q eu tava criando na minha cabeça... Sentei no shopping prá comer com as crianças. Daí, resolvi pegar o laudo prá ler. Tudo normal a não ser...

"Foco de hipersinal localizado na substância branca periventricular à esquerda de aspecto patológico inespecífico."

What porra is that???

Pois é, assim q meu corpo deu uma treguinha (pq nem o tramadol tava ajudando mais), fui na neurologista. É, aquela mesma sem vergonha q me mandou passar Scaflam gel e eu quase mandei ela passar no... no...

Bem, mostrei os exames, ela nem olhou as imagens, foi direto pro resumo do laudo. Ficou mais perdida q eu. Ela tem uma folha de papel em q vai anotando o q a gente fala nas consultas (menos o essencial, pelo q parece). Pois é, ao ver o resultado, saiu catando esse papel prá entender o pq daquilo. Sim, era uma lesão na substância branca do cérebro. Tá, mas de q??

"Olha, aqui tá escrito de patologia inespecífica... Pode ser qualquer coisa... Como vc teve esporotricose, vou te encaminhar a um infectologista..."

"Mas a infectologista da FioCruz me deu alta, disse q esses problemas nada tinham a ver com a esporo...", retruquei.

À toa, claro.

Pedi prá mudar a medicação, pq o tramadol não fazia mais efeito. Ela passou gabapentina. Mas vi q a dra. viu algo diferente no exame, pq ela mudou o tom de voz, ficou me "acalmando" dizendo q tinha 90% de cura (deve ser assim como a Sofia tinha 70% de ser menino durante a gestação ¬¬), me recomendou a fazer natação (ah, tá - depois q eu conseguir fazer coisas básicas, como arrumar a casa, tá, lindinha?) e me deu um tapinha nas costa pedindo prá voltar em 2 meses. Voltar???? Não, obgda! Adeus!

Saí tão desnorteada do consultório q eu corri pro outro lado da linha do trem, entrei no Salgado Filho, e pedi por um neurologista prá avaliar meu exame. Não havia nenhum de plantão. Voltei pro outro lado prá me afogar num sunday do McDonald's e ligar pro Mr.G (meu GPS particular qndo estou sem Google Maps) prá me dizer se sabia de um ônibus prá FioCruz dali do Méier. Eu estava disposta a ir prá lá naquele momento, com exames em punho, e sei lá q tipo de sentimento.

Ele me acalmou, disse q semana q vem vai comigo, q eu voltasse prá casa prá descansar. Bom conselho: eu tava precisando...

Eu já tinha outro neuro marcado prá 2/junho, agora batalhei mto no telefone e consegui outro pro dia 19/maio. E pelo SUS, esperar. Cadastrei meu pedido no sistema de regulação, qndo tiver vaga eles vão me ligar. Prá marcar. E só então uma consulta... Até lá minha lesão da massa branca já virou uma pizza. Pelo menos vai dar prá 8 pessoas?... :)

Nossa, ando mto bobagenta... Aliás, minhas emoções estão em montanha-russa. Mais cedo eu não conseguia respirar direito de tanto chorar. É q as vzs me sinto perdida - sou humana! E a dra. me deixou ainda mais perdida... Será q essa lesão pode esperar tanto assim? Será q ela é um único sinal do q estou pensando ser já há meses?... De qualquer forma já to me preparando pro q der e vier, me informando, lendo, falando com pessoas com problema parecido.

Eu só quero tratar isso! Só! E voltar à possibilidade de ser um ser útil a mim mesma e à sociedade. Já foi tão difícil chegar aos 30 e sentir q não realizei nada... Não quero perder a esperança de poder realizar daqui prá frente. Eu tenho planos! E não vou deixar nada nem ninguém me tirar isso!

Mas tudo agora está nas mãos dos médicos... Ou melhor: do próximo médico q me atender. Pq se a gabapentina não funcionar, volto numa emergência com RM em punho. Alguém vai ter q fazer algo, né?...

Bem, leiam abaixo a carta q estou divulgando nas redes sociais e afins. Tenho a pretensão de fazer pensar... Quem quiser fazer o mesmo, será bem-vindo!

Deus nos Abençoe SEMPRE! (E obgda pela força e pelas pessoas maravilhosas q Puseste ao meu redor. Eu te amo!)
ओं मणिपद्मे ह
Ia'Orana!

[OFF] Minhas impressões sobre a Tragédia de Realengo

Eu vejo por aí opiniões extremas: "Wellington Menezes de Oliveira tem q arder no inferno", ou "é um herói" (é tem gente q pensa assim). Não acho nem um nem outro.

Primeiro, ele tbm é um filho de Deus q, por problemas mentais e traumáticos, desvirtuou as mensagens dEle. É mto fácil apontar o dedo prá um psicótico: difícil é compreendê-lo.

Segundo: herói tbm não, né, gente??? Essas pessoas q estão "endeusando" esse cara tbm precisam de avaliação médica urgente! Varredura nas redes sociais JÁ!

Eu me sinto um pouco dos dois lado: a de vítima da violência urbana e a de quem ama alguém q sofre de psicose. Cresci com a psicose ao meu redor. Não é fácil. Mas imagina prá essa pessoa q vive esse inferno interno e não consegue entender q aquilo ocorre APENAS na cabeça dela?? Vc só entende qndo sofre uma crise psicótica, q qualquer um pode ter, provocado por uma medicação ou droga ilegal - vc não sabe o dia de amanhã.

E a violência sofrida? E a pessoa querida q se vai?... Quem tem filhos certamente sentiu dentro a dor desses pais e mães q choram. Eu chorei com mtos deles. Eu dei graças a Deus por estar abraçando minhas filhas e passei a dar valor em cada momento com elas. Eu aprendi com a dor alheia. Tbm tive minha própria dor e tbm cresci. Todos sentem dor, todos têm q partir, uns mais cedo, outros mais tarde! Como dizia o recém-falecido José Alencar, qndo Deus Quer levar, não precisa de motivo. Qndo ele não quer, não tem câncer, tiro, o escambau q leve! Um tiro não me levou. Pq duvidar agora da Vontade de Deus?

Minhas ultimas orações têm sido prá q Deus Conforte e Auxilie a essas família como me Auxilia nas minhas maiores dificuldades. Q Ampare a chegada destes pequenos q se foram de forma traumática. E tbm para q Deus Receba com carinho esse filho q tinha seus problemas, cometeu erros enormes, mas q precisa se reconstruir como espírito e caráter.

"Não se encontra o Reino dos Céus se não nascer denovo" (Jesus Cristo).

Se temos q ojerizar algo agora é o BULLING, O PRECONCEITO CONTRA A DOENÇA MENTAL, O ARMAMENTO DE CIDADÃOS, A FALTA DE FISCALIZAÇÃO DE ENTRADA DE ARMAMENTOS E DROGAS NO PAÍS.

LUTO por TODOS os envolvidos na tragédia da escola de Realengo.

Nossa Playlist