Pesquisar este blog

sábado, 9 de abril de 2011

Novidades quase não tão novas...

Pois é... Fui no Hospital da Lagoa e disseram q eu tinha q ter um outro papel do PAM de Madureira... Pertinho, né? De lá Mr.G me levou numa emergência pq estava com dores HORRENDAS!!! Clínica de bosta em Botafogo. A dra. disse q meu problema era psicológico. Uhum... O blog não se chama "Dizem q sou louco"? Então... Ela me medicou com um Rivotril 0,5 (aguinha com açúcar prá mim, há) e depois fugi da clínica - fazendo jus à fama - pq estavam demorando mto prá me liberar, e eu sheidy dor lá com meu "psicológico", fui prá casa, pros braços do meu tramadol...

Então tá, aí fui fazer a ressonância. Q claustrofobia!!!! Mas aí fechei os olhos, me imaginei num barco no meio do oceano (não sei pq isso me relaxaria, tenho pavor de mar - mas funcionou) e comecei a recitar mantras mentalmente ao ritmo dos sons bélicos do tal aparelho. Qndo eu tava quase dormindo, sinto a cama sair do Grande Tubo. Ilusão: era só prá injetar o contraste. Volta prá dentro do Grande Tubo. Mas, vamos lá, "já deve estar acabando", penso eu... E acabou! Graças a Deus não tive nenhuma reação ao contraste, não tive crise de pânico, fiquei tranquila.

Dias depois fui ansiosa, debaixo de chuva, buscar o resultado. Vieram as imagens impressas, em DVD (q chique!) e o laudo. Eu já tava achando mesmo q podia ser psicológico, q isso tudo era coisa q eu tava criando na minha cabeça... Sentei no shopping prá comer com as crianças. Daí, resolvi pegar o laudo prá ler. Tudo normal a não ser...

"Foco de hipersinal localizado na substância branca periventricular à esquerda de aspecto patológico inespecífico."

What porra is that???

Pois é, assim q meu corpo deu uma treguinha (pq nem o tramadol tava ajudando mais), fui na neurologista. É, aquela mesma sem vergonha q me mandou passar Scaflam gel e eu quase mandei ela passar no... no...

Bem, mostrei os exames, ela nem olhou as imagens, foi direto pro resumo do laudo. Ficou mais perdida q eu. Ela tem uma folha de papel em q vai anotando o q a gente fala nas consultas (menos o essencial, pelo q parece). Pois é, ao ver o resultado, saiu catando esse papel prá entender o pq daquilo. Sim, era uma lesão na substância branca do cérebro. Tá, mas de q??

"Olha, aqui tá escrito de patologia inespecífica... Pode ser qualquer coisa... Como vc teve esporotricose, vou te encaminhar a um infectologista..."

"Mas a infectologista da FioCruz me deu alta, disse q esses problemas nada tinham a ver com a esporo...", retruquei.

À toa, claro.

Pedi prá mudar a medicação, pq o tramadol não fazia mais efeito. Ela passou gabapentina. Mas vi q a dra. viu algo diferente no exame, pq ela mudou o tom de voz, ficou me "acalmando" dizendo q tinha 90% de cura (deve ser assim como a Sofia tinha 70% de ser menino durante a gestação ¬¬), me recomendou a fazer natação (ah, tá - depois q eu conseguir fazer coisas básicas, como arrumar a casa, tá, lindinha?) e me deu um tapinha nas costa pedindo prá voltar em 2 meses. Voltar???? Não, obgda! Adeus!

Saí tão desnorteada do consultório q eu corri pro outro lado da linha do trem, entrei no Salgado Filho, e pedi por um neurologista prá avaliar meu exame. Não havia nenhum de plantão. Voltei pro outro lado prá me afogar num sunday do McDonald's e ligar pro Mr.G (meu GPS particular qndo estou sem Google Maps) prá me dizer se sabia de um ônibus prá FioCruz dali do Méier. Eu estava disposta a ir prá lá naquele momento, com exames em punho, e sei lá q tipo de sentimento.

Ele me acalmou, disse q semana q vem vai comigo, q eu voltasse prá casa prá descansar. Bom conselho: eu tava precisando...

Eu já tinha outro neuro marcado prá 2/junho, agora batalhei mto no telefone e consegui outro pro dia 19/maio. E pelo SUS, esperar. Cadastrei meu pedido no sistema de regulação, qndo tiver vaga eles vão me ligar. Prá marcar. E só então uma consulta... Até lá minha lesão da massa branca já virou uma pizza. Pelo menos vai dar prá 8 pessoas?... :)

Nossa, ando mto bobagenta... Aliás, minhas emoções estão em montanha-russa. Mais cedo eu não conseguia respirar direito de tanto chorar. É q as vzs me sinto perdida - sou humana! E a dra. me deixou ainda mais perdida... Será q essa lesão pode esperar tanto assim? Será q ela é um único sinal do q estou pensando ser já há meses?... De qualquer forma já to me preparando pro q der e vier, me informando, lendo, falando com pessoas com problema parecido.

Eu só quero tratar isso! Só! E voltar à possibilidade de ser um ser útil a mim mesma e à sociedade. Já foi tão difícil chegar aos 30 e sentir q não realizei nada... Não quero perder a esperança de poder realizar daqui prá frente. Eu tenho planos! E não vou deixar nada nem ninguém me tirar isso!

Mas tudo agora está nas mãos dos médicos... Ou melhor: do próximo médico q me atender. Pq se a gabapentina não funcionar, volto numa emergência com RM em punho. Alguém vai ter q fazer algo, né?...

Bem, leiam abaixo a carta q estou divulgando nas redes sociais e afins. Tenho a pretensão de fazer pensar... Quem quiser fazer o mesmo, será bem-vindo!

Deus nos Abençoe SEMPRE! (E obgda pela força e pelas pessoas maravilhosas q Puseste ao meu redor. Eu te amo!)
ओं मणिपद्मे ह
Ia'Orana!

Um comentário:

Ana disse...

Alguém por acaso te deu uma luz do que seja que você tem?
Eu sei que omega 3 ajuda na produção de mielina e faz maravilhas pra bipolares eu que o diga.
Ai no Rio deve ter algum aromaterapeuta bom, se informa na Aromaflora http://www.aromaflora.com.br.
A aromaterapia salvou minha vida.
Te desejo sorte.
Vou rezar por você.
Beijos

Nossa Playlist