Pesquisar este blog

segunda-feira, 25 de agosto de 2008

A verdade está aqui dentro

Ingenuidade minha ter sido sempre sincera. Ingenuidade minha esperar a mesma sinceridade das outras pessoas. Estão todas o tempo todo interpretando. A diferença é q umas interpretam mais q outras. E as q mais interpretam são as q mais apedrejam a sinceridade ingênua do outro.

Me sinto vivendo num castelo de mentiras, onde tudo é de faz de conta, onde tudo pode ruir a qualquer momento. Suas paredes de areia não me fazem me sentir protegida. "Só a Verdade vos libertará" é o q diz a Bíblia, e por mais piegas q pareça, é o q já veio embutido no meu coração qndo eu nasci. Ascessório de fábrica, entende? Não há decepção nem mágoa no mundo q consiga tirar isso do meu peito. E é por isso q dói tanto assistir pessoas q vc ama amando de forma tão hipócrita. Pq - me corrijam se estou errada - no amor não cabe hipocrisia. Será q sou tão ingênua assim?? Pq será q ainda acredito no ser-humano, principalmente qndo ele deveria ser seu companheiro e vice-versa, e saber q ele não confia em mim (o q me faz deixar de confiar nele).

Será q virei um monstro, uma bomba-relógio preste a explodir simplesmente por receber a verdade??? E fica sempre tudo assim, no ar (isso qndo não caem informações no meu colo), tudo sempre bem, mas quem disse q está bem? Qndo me dou conta as paredes de areia estão ruindo e meu coração fica em pedaços. Dá prá evitar isso antecipando as coisas? Ou eu estou atropelando tudo? Ou será q o real caminho da vida é esse mesmo, eu fingir q nada sei, todos fingirem q nada sentem, e assim, nesse poço vazio de falsidade, seguirmos todos juntos, uma sociedade inteira, caminhando em seus ciclos de vida como sempre foi?

E ainda dizem q estamos em tempos modernos...

Continuamos com as mesmas tolices de sempre, os mesmos preconceitos, o mesmo sexismo, o mesmo bando de MERDAS q carregamos geração após geração.

Ah, sei lá... Tô cansada. Pq evitar a dor se ela tem q ser vivida (visto q estamos vivos - os mortos não sentem dor, certo?)?

Ah, Ingenuidade... Pq não me deixas só prá q eu possa ser cruelmente hipócrita como todos os outros...?

Ia'Orana!

Um comentário:

Miss Drakul disse...

"E as q mais interpretam são as q mais apedrejam a sinceridade ingênua do outro."

Isso me lembra bastante certas pessoas próximas a mim, que ignoram ou simplesmente deixam passar tudo aqui dentro. Acham tolice, frescura e tudo o que não deveria ser dito.

Por que nós, doentes mentais temos esta qualidade de sermos tão sinceros e ingênuos? Por outras vezes, psicóticos e agressivos?

Podemos simplesmente terminar com tudo. Mas ao mesmo tempo tudo é tão lindo!

Gosto de posts que me fazem refletir. Este é um deles. =)

Danni, vc tem msn?

=*

Nossa Playlist