Pesquisar este blog

domingo, 21 de novembro de 2010

Sintomas do Transtorno Bipolar em Crianças


Todas as opções marcadas são sintomas claros da minha filha de 5 anos:
  • A ansiedade de separação (quando os pais vão trabalhar, por exemplo).
  • Raivas e birras explosivas (com a duração de várias horas). 
  • Irritabilidade bem marcante. 
  • Comportamento de oposição (geralmente não aceita bem regras). 
  • Frequentes mudanças de humor. 
  • Distração. 
  • Hiperatividade. 
  • Impulsividade. 
  • Inquietação. 
  • Pensamento acelerado. 
  • Comportamento agressivo. 
  • Grandiosidade. 
  • Compulsão por carboidratos. 
  • Baixa auto-estima.
  • Dificuldade de levantar pela manhã. 
  • Ansiedade social. 
  • Supersensibilidade ambiental. 
  • Enurese (principalmente em meninos). 
  • Fala rápida ou pressionada. 
  • Comportamento Obsessivo.
  • Excessivamente sonha acordado. 
  • Dificuldades de aprendizagem em algumas áreas do saber.
  • Pobre memória de curto prazo. 
  • Falta de organização. 
  • Hipersexualidade. 
  • Comportamento manipulativo. 
  • Prepotência. 
  • Mentiras. 
  • Pensamentos suicidas.
  • Destruição de bens materiais. 
  • Alucinações e delírios.
(Tirado de http://bipolarbrasil.blogspot.com)

4 comentários:

Anônimo disse...

Boa tarde!
Eu tenho TAB é hereditário como faço pra saber se meus filhos tem chance de ter quando eu planejar filhos, sou casado há seis anos, tenho 32, gostaria de saber mais tudo que leio é feio em cima de especulação e as pesquisas fora do país não servem pra nós, pois o modo de tratamento e a forma que se manifesta a doença é completamente diferente. Gostaria de ajuda, e de ajudar também, obrigado. (Juliano Carvalho Soler)

Di disse...

Gente, se meus pais tivessem essa lista (e acreditassem ser possivel uma criança ter uma doença dessas) minha vida definitivamente teria sido diferente. Acho que eu talvez fosse presidenta agora :P hehe
Sei que o que voce esta vivendo om ela não é facil. Eu estou no lugar da bipolar adulta mas ja estive no lugar dela. E é dificil viver constantemente se sentindo como um forasteiro.
Gostei do blog, vou seguir, e no que puder e voce quiser, tentarei ajudar.

Dica - encontre um tipo de atividade que ela goste muito (eu gostava de escrever por exemplo) e tente ajuda-la a se focar nisso.

No meu caso, como eu gostava de historias, de escrever (ou conta-las antes de saber escrever), de ouvir, meus passatempos favoritos sempre estiveram ligados a isso. Cinema, teatro, quadrinhos, seriados de tv como jaspion, changeman.
Focar em um tipo de entretenimento e leva-lo as outras areas (ao brincar de faz de conta eu podia caminhar, fazer natação, ir a escola) eu me acalmava e aproveitava melhor as situações. E mais que isso, usava isso como uma forma de me comunicar com o outro, mostrando minhas angustias, duvidas, alegrias.

um psicologo infantil ajuda sim e muito. pode investir nisso.

boa sorte e muita força! Voce é capaz!

Bp. Jéferson Fabiano Candido disse...

EXCELENTE POSTAGEM, APRENDI UM TANTO MAIS MAIS SOBRE TRANSTORNO BI-POLAR, OBRIGADO!

Anônimo disse...

Olá,
Muito bom seu blog estou te seguindo.
Se possível venha fazer-me uma visita e deixar sua opinião?
Abços
www.claudilicearagao.blogspot.com

Nossa Playlist