Pesquisar este blog

sexta-feira, 16 de dezembro de 2011

Feliz Nova Idade!

Agora entendo os q as pessoas sempre diziam. Os aniversários vão passando e começam a pesar.

A ideia de fazer 30 anos foi mais assustadora do q fazê-los, realmente. Vivi esse ano, dentro do possível, curtindo a idade redonda, fazendo até graça pq a maioria das pessoas me dá idade bem menor. Já pediram minha identidade e perguntaram por meus pais. Lisonjeiro, não? Não tenho realmente do q reclamar...

E agora, os 31. Eu tava tão tranquila em relação a esse aniversário, ao contrário do último... E foi só o dia chegar q senti meia tonelada nas costas. Eu sei q já vou me acostumar com o novo número, mas o efeito do aniversário dura ainda algumas semanas... Até alguém perguntar se eu tenho 23 anos novamente, rsrss... É, acho q daí relaxo.

O mais interessante é meu novo olhar diante dos caras mais novos. Será já a crise de meia-idade??? Nunca fui de me atrair por moleques bonitinhos, desde novinha sempre gostei da cor grisalha das cabeças mais vividas... Mas ultimamente os homens mais velhos q têm me aparecido parecem tbm estar em crise, se comportando como os meninos com quem convivi durante minha adolescência nos anos 90. Se eu, na época, já achava o comportamento infantil, imagine agora! E tenho visto meninos q parecem tão sérios... Claro q pode não passar de imagem - por dentro certamente há aquele rapazinho morrendo de medo da balzaca decidida aqui. Eu sei. Mas nem tenho grilo mais, quero é me divertir, até pq a vida é curta e minha ampulheta tá correndo...

Sim, tenho sentido falta de uma compania. Os meses de tranquila solidão foram embora me deixando o instinto de "caçadora". Sei q não se conquista caras dessa forma, mas não gosto de jogos e como eu já disse, o legal é me divertir. Até pq, qndo for prá valer, sei q vai acontecer. E aí essa pessoa especial vai me achar especial do jeitinho q eu sou.


Ia'Orana!
Shalom!

Nenhum comentário:

Nossa Playlist