Pesquisar este blog

sexta-feira, 20 de maio de 2011

Saída pela esquerda!...

Sábios aqueles q sabem se retirar. Não falo de saída estratégica, não. Falo de saída de cena mesmo. O espetáculo não pode parar, mas cada personagem tem q saber a hora de sair da trama... Vou te contar: não é fácil. Não sou sábia. Mas to tentando aprender a ser...

Observar a felicidade alheia na nossa ausência é um misto de satisfação e frustração. Satisfação pq vc ama aquelas pessoas e as quer felizes. Frustração por saber q vc teve q se ausentar práquela felicidade ocorrer. Como se vc fosse um dos cavaleiros do apocalipse, ou tivesse o toque de Midas ao contrário - tudo q toca vira merda. Essa última sensação me faz ter vontade de ir morar numa caverna no Himalaia, mas soube q lá não tem onde carregar meu celular, né... Vou ter q me contentar em me esconder no suburbio carioca mesmo...

Me esconder do mundo na esperança de me esconder do meu maior carrasco, aquele q mora dentro de mim: meu coração bandido, q atira prá todos os lados distribuindo afetos. E ai de mim se encontrar um bom escudo: o tiro ricocheteia e o acerta em cheio na volta. Coração atingido, quem sofre sou eu.

Então, "vida louca, vida breve... Já q eu não posso te levar, quero q vc me leve!"

Enquanto isso, vou fazendo os curativos no coração na coxia da vida...

Ia'Orana!

Um comentário:

Amanda Lemos disse...

Muito interessante o blog !
Deixo o meu aqui caso queira dar uma olhada, seguir...;

www.bolgdoano.blogspot.com

Muito Obrigada, desde já

Nossa Playlist