Pesquisar este blog

sábado, 16 de julho de 2011

"Onde Deus possa me ouvir"

Coisas bizarras q só acontecem comigo. Tem épocas da minha vida em q a espiritualidade vê q eu to me afastando, então joga milhões de situações na minha vida prá q eu não me esqueça q é prá lá q todos retornam, e q de alguma forma, tenho um compromisso com eles. Prá isso tenho q aprender tbm a completar as minhas próprias jornadas. E isso é confuso prá caramba...

Tem gente q desde criancinha já sabe q profissão seguirá. Crescem e realizam o q passaram a vida inteira anunciando. Acho bonito isso! Há uma consciência remanescente nas crianças de sua própria missão... Pena q lembramos mto pouco dessa fase. Pq a vida adulta nos ocupa por demais, e mtas vzs deixamos com q influências da sociedade nos invadam. Eu por exemplo: nunca soube ao certo o q seria qndo crescesse. E prá dizer a verdade, acho q ainda não sei... rsss... Achei q minha missão era a enfermagem, mas o destino tem me afastado cada vez mais... Talvez minha missão seja a de servir de outra forma. To me encaminhando, mas já sem mtas expectativas, pq a vida pode virar denovo a qualquer momento... Estou nas mãos da espiritualidade.

Engraçado q já na minha mais tenra infância, coisas "incomuns" aconteciam. Meus amiguinhos diziam o q queriam ser qndo crescer, e eu já sabia q minha missão era outra. Ao crescer achei q isso passaria, por ser "coisa de criança" mesmo... Das duas, uma: ou eu estou regredindo cada vez mais, ou esse tipo de experiência está realmente no meu destino.

E essas sensações estão cada vez mais fortes na minha vida. O duro prá mim é saber identificar cada acontecimento e seu porquê. Por exemplo: é difícil prá mim reconhecer qndo algo acontece pq tem uma mensagem a me passar, ou pq minha capacidade de captar ou fornecer algumas coisas fala mais alto. É tbm difícil de não ficar "achando coisas" qndo a gente já tem um certo estudo e conhecimento teórico, ao mesmo tempo q prá viver algumas coisas, precisei desse conhecimento prévio. Foi assim com minha primeira incorporação, algumas semanas atrás. E agora essas sensações... Visões, arrepios, sensações de gelar o corpo. Não consigo entender o q é bom ou ruim. Pq as vzs quero acreditar em algo q pode não ser a verdade. Maldita mania de romancear as coisas...

Estudar mais, ler mais, eis minha sina. E tentar meditar, desejando q as resposta surjam do vazio das tensões diárias. Não dá mais prá fugir.

Até pq, há outras vidas em jogo...

Ia'Orana!



Nenhum comentário:

Nossa Playlist