Pesquisar este blog

domingo, 3 de julho de 2011

"Tudo era apenas uma brincadeira..."

(ou "Sexo, Verdades & Videoclipe")


E assim é, esse meu gênio infantil: gosto da sensação de estar no controle das coisas. Por isso meu impulso pelo tudo-ou-nada. E a vida as vzs necessita usar das situações mais complicadas prá me ensinar a ter calma... Mas calma real, não essa minha aparência...


E eu vejo algo se modificando em mim, se transformando e tomando minha vida e me assusto. Me diz q eu to errada!! Pq nunca senti antes! Vivi paixões efêmeras, amores longos, sentimentos de dependência, qndo a gente acha q não vai conseguir viver sem o outro, e achei q já tinha visto de tudo à essa altura e q mais nada poderia vivenciar. Daí o destino cuida de me surpreender de novo. Mas eu quis, eu pedi. Só não esperava q seria assim... E me assustei.

Amor terno, sossegado assim, nunca vivi. Prá ser perfeito, bastaria sabê-lo correspondido. Mas mesmo assim, esse sentimento continua sendo intenso. Mergulho no mais fundo da minha alma, minha alegria transborda, mas não é o outro a razão. A diferença dessa vez é q ele abriu em mim o canal do amor q posso sentir por mim mesma. Amo o outro pq eu me amo. E eu nunca fui assim.

Romântica incurável, sempre pus nas mãos alheias a minha felicidade. Até sabia q teria q fazer diferente, mas era só alguém chegar e me fazer esquecer de todas as lições já aprendidas.

Daí chega ele, meu impulso me fez avançar. E ele disse "pare". Era prá eu ficar mal, não é? Me sentir rejeitada, ofendida, enfim. Pelo contrário. Uma flor se abriu no jardim do meu peito e o mais doce sentimento emergiu do meu espírito cansado das superficialidades. "Não te quero mas não se vá". Não, não vou nunca mais! Nem q eu tenha q virar freira, monja, santa, ou virgem denovo, nunca mais arrisco de te tirar da minha vida e retornar à vida q eu tinha, tão vazia, tão cheia de sombras. E mesmo sublimando meu desejo, sei q ser feliz será possível. Pq não "preciso" mais ter alguém prá isso. Tudo está nas minhas mãos.

Tenho saudades sim, mas não forço aproximação e nem me angustio com isso como seria outrora. Confio na Força Superior q nos apresentou, sinto q se tiver q ser assim será, e q sempre q precisar, ele sabe onde me encontrar. Já me basta saber q ele existe, está na minha vida e é feliz. E a vida seguirá, de forma mais bonita, por seus Olhos Mediterrâneos.

"... Aprendi a não dormir ao seu lado
E mesmo qndo durmo, é lá q estás..."

Ia'Orana!

Um comentário:

Malu disse...

Dannie, texto poderoso que exala sentimentos verdadeiros.
Estou seguindo, deixo um grande abraço!

Nossa Playlist