Pesquisar este blog

terça-feira, 30 de outubro de 2012

Até quando?...

Eu e essa mania de querer fazer tudo certo... No que dá? Pessoas me elevando a um pedestal, me dando muito mais valor do que eu considero, se achando não-merecedores de mim. Por que só eu não enxergo isso tudo?

A diferença é que das outras vezes eu realmente tive dúvidas. Mas dessa vez, caro amigo, a certeza mora no meu coração, Espíritos vêm me contar. E eu não vou aceitar isso de você.

O que te faz duvidar do meu amor? Já se decepcionou tanto assim na vida? Deixe-me contar um segredo: eu também. Daí aparece você, correspondendo a todas as minhas expectativas. Você acha que eu não morri de medo? Você acha que eu ainda não morro?... A diferença é que dessa vez meu coração tá tão certo que não pretende desistir. E suas atitudes só confirmam o que todo mundo já sabe e você não admite de jeito nenhum: seja quando seu olhar fixou no meu durante uma crise na mesa do bar... Ou quando você me dedicou uma simples flor de hibisco.

Você é mesmo tudo isso? Tudo e muito mais! Por isso tenho a certeza do nosso merecimento mútuo. Porque se eu sou tudo isso mesmo que todos dizem - e que você me diz - eu não mereço nada menos do que VOCÊ.

O Universo é muito justo, não deixaria um desequilíbrio tão grande acontecer. Vamos parar de nos desmerecermos?

Continuo te amando do jeitinho que te amei da primeira vez que te vi. Ainda que eu resista em demonstrar como antes. Simplesmente porque ainda morro de medo.

Sua vez de abrir o jogo.

Da sua "mulher inteligentinha".





Nenhum comentário:

Nossa Playlist