Pesquisar este blog

quarta-feira, 24 de outubro de 2012

Meu jardim

Ando acordando feliz. Não sei porque mais a cada dia que nasce tem nascido também no meu peito uma satisfação em ser eu... Em ser minha... Em fazer minha parte nesse mundo - ainda que louco. É uma coisa que não consigo explicar... Alguns diriam que é Presença Divina, outros que é apenas um pouco de amor-próprio. Eu digo, simplesmente, que estou feliz.

Problemas todos temos. Só que tenho me dado conta de que lágrimas não ajudam em nada, só me colocam ainda mais prá baixo e com mais pena de mim mesma. E esse é um sentimento que quero cortar da minha vida! Ninguém - muito menos eu - precisa sentir pena de mim. Ou melhor: ninguém sentirá pena de mim. Porque os únicos sentimentos que quero despertar nas pessoas são a alegria, o bom-humor, a vontade de viver. Resumidamente: eu só quero compartilhar tudo de lindo que tenho sentido. Inspirar outras pessoas a sentirem o mesmo. Seja Presença Divina ou amor-próprio - o nome não importa.

Portanto, se você chegou até aqui, saiba que te desejo alegria! Te desejo amor-próprio! Te desejo Presença Divina! Desejo que todo o amor que aflora em meu peito possa chegar até você. E que você possa passar todo esse amor a outras pessoas também, como numa corrente do bem.

Dizem por aí que não se deve explanar a felicidade, porque inveja tem sono leve... Mas não me preocupo porque quem cuida de mim não dorme nunca! E, também por isso, sou grata.

Obrigada a D'us, aos Orixás, aos queridos guias, simplesmente pelo fato d'eu saber que não ando sozinha... Nunca!

Shalom!



"Mais louco é quem me diz
E não é feliz...
Eu sou feliz!"

Nenhum comentário:

Nossa Playlist