Pesquisar este blog

segunda-feira, 11 de novembro de 2013

É você?

Será você? É o prometido que seria enviado a qualquer momento? Aquele que poderia salvar-me de minha própria vida?

Será você que me salvará dos meus nós? Dos meus embaraços? É você aquele que me aceitará vida após vida, pro resto da eternidade?

Era você que só esperava a chance de se aproximar? Que aguardava pelo sinal divino? Era você quem esperava pelos meus erros apenas para perdoá-los?

Acordei baratinada, dei cabeçadas por aí, daí pensei se não era você. Se era você ou era quem ainda há de vir. Se não era você que viria já preparado para meus destemperos. "The perfect match" ou apenas mais um?

Pensei então ser melhor não tentar nada. Melhor não querer provas. Melhor viver e deixar viver, esperar pela bela surpresa que espero do destino, sem desesperar. É tempo de criar porcos... É tempo de simplesmente viver e estar satisfeita com o agora. Não quero mais pensar no que já foi ou o que ainda há de vir; quero ancorar no agora, sem deixar a sabedoria de fora desta vez. Talvez desta vez, desta vez seja... O que jamais seria ou o que jamais foi. Que seja. Só desta vez não estarei mais criando expectativas.

Cansei do personagem. Seja apenas o que é.

Shalom!

Nenhum comentário:

Nossa Playlist