Pesquisar este blog

terça-feira, 11 de junho de 2013

"Vida"

'''Vai, que se for pra ter paz
Algo bom vai me levar a ti'
Foi o que eu li 
Dos teus lábios meus que fiz meus só por querer demais
E eu que sempre tive mais
Por você, reduzi o cartel
Rasguei o papel
Que a noite e a cidade me fez Professor
Te dou serenidade
Mais que meu simples querer
Eu não sou mais forte do que você
Eu temo te perder sem ao menos te ter

'Vem e tira a minha paz'
Te sonhei cantando pra mim
Fotografei você da maneira que quis em um baile qualquer
E esse sereno que cai
Se juntou com o choro meu
Choro meu que tão teu e das moças que deixei em desalinho
É a mais pura verdade
Que eu não posso negar 
Foi ganhando e perdendo que aprendi a amar
Sentimento tardio 
Logo pode chegar, ou não
Me ajude a ver no que isso vai dar

Quem sabe eu possa ser teu par?
Quem sabe meu peito é teu lugar?

Faz da tua Psicologia
Uma sessão de auto-terapia
Quem vai cuidar de você?
Tão te usando nessa indecência 
Eu sinto falta da tua inocência
Eu sou vida pra você

Te confesso verdades 
Que eu nunca quis contar
Me perdi no caminho 
Fugindo do teu lugar
Hoje eu sigo sozinho e você tem um par
Tá na mão do Destino qual futuro ditar...

Quem vai ser você?
Quem vai ser você pra mim?"

(Autoria desconhecida - encontrado nos Facebooks da vida...)

Nenhum comentário:

Nossa Playlist